Como elaborar um bom roteiro de vídeo?

vídeo

Você pensa em lançar um vídeo impactante sobre seu negócio, sua marca ou algum projeto e treinamento que esteja desenvolvendo e naturalmente quer que o resultado dele seja o melhor possível, mas não tem um roteiro de vídeo. Então, você pensa em conteúdo, tecnologia, mas ainda precisa descobrir como dar forma a isso! Na hora de executar, parece que nada está muito claro ou organizado e surge o medo de não conseguir fazer um bom vídeo.

Mas, calma!

Se o seu objetivo é esse, o roteiro de vídeo é um elemento essencial para fazer sua ideia dar certo! Às vezes também conhecido como script, ele vai te ajudar a planejar o trabalho da melhor forma. Quer que a gente te conte um pouquinho sobre ele?

Fique atento às dicas abaixo para não errar:

Pense na finalidade do seu vídeo

O primeiro passo é entender para quê o vídeo será produzido e os objetivos. A partir disso, pode-se selecionar/imaginar o que seria mais relevante constar nele para passar corretamente a mensagem e as experiências que você quer.

Em primeiro lugar pense no seu propósito com esse recurso.

Vai fazer um treinamento? O vídeo pode ser uma ferramenta ideal, que convém ao seu objetivo, engajando mais pessoas e levando conteúdo mais dinâmico, podendo mesclar ainda elementos de animação, para tornar a produção mais rica.

Vai elaborar um material institucional ou promocional? Incrementá-lo com um vídeo pode ser uma excelente maneira de valorizar seu negócio, mostrar de uma forma mais real como é sua empresa, seu produto ou sua equipe  e “transportar” seu público para o universo dela, despertando o desejo de conhecê-la melhor.

Estrutura do roteiro

Não existe um único formato ou formato “engessado” de roteiro,  mas o que vale é lembrar que esse documento se propõe a ser um “guia”, um passo a passo para você produzir o seu vídeo com sucesso.

Se você já trabalha com comunicação ou com projetos e eventos, por exemplo, já deve ter ouvido falar de briefing. Pense seu roteiro como um briefing.

Nele você deve imaginar:

  • Qual o tom de voz que você vai usar;
  • Qual será a sequência de falas ou abordagens de assunto por importância (estabelecer uma sequência lógica e fácil de entender);
  • Quem irá participar;
  • Locais em que você vai gravar;
  • Elementos materiais que farão parte do seu vídeo (que você não pode esquecer no dia – pode ser válido fazer um check list);
  • Equipamentos necessários;
  • Orientações para a edição (isso é importante, por exemplo, pois durante a captação você pode precisar deixar um espaço na própria cena de gravação para inserção de um elemento visual depois, como um vetorial).

É importante que você defina tudo isso antecipadamente porque, além de te ajudar a saber o que fazer ou como orientar sua equipe e os participantes no dia, te fornecerá parâmetros para saber como preparar adequadamente seu cenário e de quais materiais de apoio ou equipamentos vai efetivamente precisar para pôr seu projeto de gravação em prática.

Considere a infraestrutura adequada

Roteiro feito, vamos gravar? Só que não!

Com esse levantamento em mãos, você poderá, então, verificar se a estrutura que você tem está adequada ao que você pretende. Saber quais câmeras, se terá que adaptar o som, como posicionar microfones, que tecnologias usar para melhor captação.

Uma equipe especializada pode te auxiliar. A RCE tem expertise na definição e identificação dessas etapas, para a melhor condução da produção de vídeo!

Podemos te ajudar? Fale conosco e solicite um orçamento! Vamos até o seu local de gravação para te dar suporte e identificar o que você precisa antes de fazer um bom vídeo!